Como é o vosso Paraíso? O meu tem forma de Biblioteca.
OS MEUS LIVROS: |Distúrbio| |Antologias|

02
Ago 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar
Suspirem aqueles que gostam de escrever e viajar; ou os que adoram viajar a ler. Raquel Ochoa viaja muito e coloca no papel tudo o que vê, tudo o que cheira, tudo o que sente. Não queriam? Eu sim...
 
 
P.B: Viajar é, por si só, uma inspiração. Mas, o que a atrai mais - o próprio local, as pessoas, as mudanças culturais...?
R.O: Viajar tem impactos diferentes consoante as personalidade de cada pessoa. Para mim significa liberdade, evasão e conseguir usufruir do meu direito à abstração, de uma só penada. Faz parte da viagem a paisagem humana e geográfica, não separo uma da outra. E tudo inspira quando estamos dispostos a observar. A inspiração advém da necessidade de contemplar.
 
P.B: Biografias ou romances?
R.O: Algumas Biografias, de pessoas que tenham marcado a vida de muitos. E romances o resto da vida, porque a vida tem uma amplitude finita - o romance também - mas mesmo assim abarca o dobro das possibilidades.
 
P.B: Dá aulas de escrita criativa. Pergunto-lhe: qualquer pessoa pode começar a escrever bem apenas com aulas ou, pelo contrário, elas só servem para quem já tem algum potencial?
R.O: Ser escritor é muito semelhante a ser acrobata, se não praticamos nunca evoluiremos. O talento inato ajuda e faz a diferença na maior parte das vezes, mas escrever, hoje em dia, é acima de tudo um ato de entrega, disponibilidade e coragem. Já não há estatutos inalcansáveis.
 
P.B: Próximos projetos?
R.O: Viajar e escrever, continuo coerente à minha filosofia de vida. É um privilégio poder relatar a vida. É um prazer. Agora vou dedicar-me a um romance. Tenho saudades.
 
____________________________

Raquel Ochoa tem dedicado grande parte do seu tempo a viajar e a escrever. É repórter e publicou duas obras em 2008: "O Vento dos Outros" e "Bana- Uma vida a cantar Cabo Verde". "A Casa-Comboio", vencedor do prémio literário revelação Agustina Bessa-Luís, foi o seu primeiro romance e agora é lançada "A Infanta Rebelde", a biografia de D. Maria Adelaide de Bragança.

http://omundoleseaviajar.blogspot.com/

http://raquelochoa.blogspot.com/____________________________________


Contacto: paraisobiblioteca@sapo.pt | Twitter: @ValentinaSFerr
Adquire o teu exemplar do Distúrbio
E tu? Já és fã? ;)
A Menina da Biblioteca também escreve aqui:
"Estórias do Arco-da-Velha"