Como é o vosso Paraíso? O meu tem forma de Biblioteca.
OS MEUS LIVROS: |Distúrbio| |Antologias|

22
Dez 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

 

 

Um livro. Sete contos de fadas para adultos. Novos contos de fadas, não releituras dos clássicos, brincando com seus elementos tradicionais: príncipes e princesas, feiticeiras (boas e más), maldições, bosques misteriosos, feras falantes. Mas com uma roupagem adulta, sem censura nem maniqueísmo. Nada de lutas do bem contra o mal: a dualidade está presente em todos e é dentro de cada um de nós que a grande batalha ocorre. Estas narrativas procuram resgatar a essência dos contos de fadas originais, contados ao pé do fogo numa época em que não havia divisão entre "histórias para adultos" e "histórias para crianças".

tags:

15
Dez 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

 

 

tags:

08
Dez 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

 

   

 

 

tags:

24
Nov 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

 

 

 

Marina, tal como a obra que consagrou Zafón, é um romance mágico de memórias, escrito numa prosa ora poética ora irónica, assente numa mistura de géneros literários (entre o romance de aventuras e os contos góticos) e onde o passado e o presente se fundem de forma inigualável.

Classificado pela crítica como «macabro, fantástico e simultaneamente arrebatador», Marina propõe ao leitor uma reflexão continuada sobre os mistérios da condição humana através do relato alternado de três histórias de amor e morte.
Ambientada na cidade de Barcelona, a história decorre entre Setembro de 1979 e Maio de 1980 e depois em 1995 quando Óscar, o protagonista, recorda a força arrebatadora do primeiro amor e as aventuras com Marina, recupera as anotações do seu diário pessoal e revisita os locais da sua juventude.

«Marina disse-me uma vez que apenas recordamos o que nunca aconteceu. Passaria uma eternidade antes que compreendesse aquelas palavras. Mas mais vale começar pelo princípio, que neste caso é o fim.»

tags:

17
Nov 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

 

 

"A trilha acabou bruscamente. Ao olhar para trás, não havia mais vestígios da sua existência, que loucura! Mas, ao olhar para frente, não estava preparada para o que veria. Uma paisagem única e perfeita: uma cidade construída inteiramente de cristal."

"Mais uma vez, o mesmo sonho estranho: a floresta misteriosa. Entretanto, havia algo mais bizarro do que o próprio sonho. Um perfume de flores dominava o ar do cômodo, uma doce lembrança da clareira. Acendi a luz. Sobre o travesseiro, repousava uma linda margarida, ainda úmida, como recém-colhida de um campo coberto por orvalho.
Será que eu estava ficando louca?
Como os demais sonhos naquela clareira, este havia sido nítido e quase real. Os meus pés pareciam ainda úmidos pelo contato com a grama. Porém, o perfume suave no quarto e a presença da margarida iam além de qualquer sonho, ultrapassavam o limite da realidade e, talvez, da sanidade.
"

"– Isso é uma loucura! Tudo bem, vamos considerar que você seja uma fada, mas e eu, onde eu entro nesta história? – perguntei para minha mãe.
Simples, você é uma fada também."

 

Até onde os sonhos podem nos levar? Elorá descobre que pode chegar quase ao infinito…


Dormir é diferente para Elorá, ela mergulha em uma nova dimensão através de seus sonhos. Um mundo habitado por fadas, tão lindo, tão difícil acreditar que seja real. Mas mesmo a beleza esconde seus segredos. A garota percebe estar mais ligada àquele lugar do que imaginava e teme perder o controle sobre seu próprio destino.

Dividida entre dois mundos, Elorá precisa dar conta de sua carreira, família e novo amor. Mas ao dormir, não poderá descansar, pois a solução de uma disputa entre clãs feéricos está em suas mãos. E se não tomar cuidado, os humanos podem ser os perdedores.

Entre nesta aventura, repleta de magia, amor, segredos e traições. Descubra como o poder dos sonhos pode transformar tudo.

Um lançamento (10 de Dezembro de 2011, em São Paulo) do Selo Fantas (Editora Estronho).

tags:

16
Nov 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

Bom dia, Amigos e Leitores.

 

Trago-vos um lançamento recente pela querida Simone O. Marques - que já foi aqui entrevistada - intitulado "Paganus".

 

Sinopse:
"Portugal, 1673. Duas mulheres celtas e um bebê recém-nascido enfrentam a perseguição da Igreja contra hereges pagãos. Obrigadas a deixar sua aldeia, ajudadas por um jovem cristão, partem em busca de um lugar onde possam cultuar seus deuses livremente. Em meio a sua fuga, descobrem que a Grande Mãe tem uma missão para eles e que os levará a lugares inesperados e a uma desconhecida Terra Nova."
 

E a beleza dessa capa? *.*

 

Se quiserem mais informações sobre o livro, elogiar a autora, comprar um exemplar ou, quem sabe, dez porque vem aí o Natal e a crise obriga a que se ofereçam coisas úteis, nomeadamente livros*, deixo aqui o contato: simone.odete@uol.com.br.

 

 

Sim, eu quero livros para o Natal e, já agora, para o aniversário que é só uma semana antes. Livros, livros, livros. Por favor! Não gastem dinheiro em coisas que vão ficar guardadas. Livros, sim? Até tive uma ideia. Farei uma lista de livros que quero ahahah.

tags:

03
Nov 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

Toque de Veludo

 

Sinopse:
Um romance irreverente, sensual e multifacetado, cuja acção se desenrola na Inglaterra vitoriana. Toque de Veludo acompanha a carreira fulgurante de Nan King - a rapariga humilde que se transformou em vedeta do music-hall e que, após um percurso dissoluto, se redescobre como lésbica no East End.
 

Críticas de imprensa:
«Uma leitura que não se consegue interromper, uma incursão divertida, provocante e picaresca pelo submundo das lésbicas e homossexuais nos tempestuosos anos de 1890.»
Independent on Sunday
 
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 432
Editor: Bizâncio
ISBN: 9789725304280
Coleção: Montanha Mágica
Preço: 17, 67 (comprei por 9,50 num pack de dois livros, na Bertrand).
tags:

27
Out 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

O Homem do Turbante Verde

 

 

Sinopse:
Numa altura em que o interesse pela narrativa curta se renova por todo o lado e depois da reedição muito esperada de Contos da Sétima Esfera, surge este perturbador O Homem do Turbante Verde.
Cenários evocadores dos nossos dias enlaçam-se com os destinos de uma juventude confrontada com perplexidades e dilemas de um tempo histórico ainda recente. Percursos aventurosos numa África irreal, toda feita de caprichos literários, vão de par com histórias sombrias, cheias de inquietação e susto. A ironia afável conjuga-se com a crueldade. Uma estranheza, ora inquietante ora divertida, acompanha o delírio mais inesperado. Uma linguagem que aposta na clareza, sem fazer quaisquer concessões ao facilitismo.
 

 

Críticas de imprensa:
«Trinta anos depois da retumbante estreia literária (Contos da Sétima Esfera), e onze anos após o último volume de narrativas curtas (Contos Vagabundos), Mário de Carvalho regressa ao seu habitat natural com O Homem do Turbante Verde. E em grande forma. Não que os seus romances e novelas sejam obras menores, longe disso, mas há no seu perfil de ficcionista uma apetência pela forma breve, um talento para o relato de poucas páginas, que o coloca, sem margem para dúvidas, no restrito panteão dos melhores contistas da literatura portuguesa.»

José Mário Silva, Ler

« […] dez contos tão bons como os antigos.»
Pedro Mexia, Expresso, Atual

« […] uma das mais consistentes e apelativas obras da literatura do nosso tempo.»
Maria Leonor Nunes, JL

tags:

26
Out 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar
tags:

20
Out 11
publicado por paraisobiblioteca, às 09:00link do post | Comentar

A Sombra do Vento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinopse
Numa manhã de 1945 um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso, oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona.
Juntando as técnicas do relato de intriga e suspense, o romance histórico e a comédia de costumes, "A Sombra do Vento" é sobretudo uma trágica história de amor cujo o eco se projecta através do tempo. Com uma grande força narrativa, o autor entrelaça tramas e enigmas ao modo de bonecas russas num inesquecível relato sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros, numa intriga que se mantém até à última página.
 

 

Excerto
"Ainda me lembro daquele amanhecer em que o meu pai me levou pela primeira vez a visitar o cemitério dos Livros Esquecidos. Desfiavam-se os primeiros dias do Verão de 1945 e caminhávamos pelas ruas de uma Barcelona apanhada sob céus de cinza e um sol de vapor que se derramava sobre a Rambla de Santa Mónica numa grinalda de cobre líquido.
- Não podes contar a ninguém aquilo que vais ver hoje, Daniel - advertiu o meu pai. - Nem ao teu amigo Tomás. A ninguém."



Críticas de imprensa:
"Apetece dizer que este romance é uma alegoria da espécie de amizade que alguns leitores mantêm com certos livros que parecem começar-lhes a descrever a vida (...) A ler com muita atenção."
Humberto brito, In Os Meus Livros, Novembro de 2004

"Este livro foi um dos acontecimentos de 2004, pela sua qualidade de escrita, pela história fantástica e, sobretudo, por ter sido um dos poucos livros que li duas vezes com gosto redobrado. A história tem tudo: mistério, morte, polícia, perseguição, sexo, amizade e política. Carlos Ruiz Zafrón consegue agarrar o leitor desde o primeiro instante e, nas últimas páginas, confrontamo-nos com o drama de querer chegar ao fim e, ao mesmo tempo, querer fazer render o livro. É, para mim, um dos livros de 2004."
Patrícia Reis, Mil Folhar (Público), 02 de Janeiro de 2005

"Embora com ecos superficiais de Mendoza e Pérez-Reverte, a voz de Ruiz Zafón é de uma originalidade à prova de bomba. A Sombra do Vento anuncia um fenómeno da literatura popular espanhola."
Sergio Vila-Sanjuán, La Vanguardia

tags:

Contacto: paraisobiblioteca@sapo.pt | Twitter: @ValentinaSFerr
Adquire o teu exemplar do Distúrbio
E tu? Já és fã? ;)
A Menina da Biblioteca também escreve aqui:
"Estórias do Arco-da-Velha"